WHATSAPP DA CLUBEClique e entre no grupo de notícias da Rádio Clube

Prorrogada prisão preventiva de mãe e padrasto de menina assassinada em Timbó

A prisão temporária de mãe e padrasto da menina Luna Gonçalves, de 11 anos, morta em Timbó foi prorrogada por mais 30 dias. A garota foi encontrada morta em casa. A mãe teria confessado o crime.

>> Receba informações de Blumenau e região no seu WhatsApp

Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com a Polícia Civil, o motivo para a prorrogação da prisão é uma forma de impedir que os suspeitos interfiram no inquérito ao ter contato entre si e com outras pessoas quem podem estar envolvidas no caso.

A renovação da ordem de prisão temporária passa a contar a partir de domingo, dia 15 de maio. Após a conclusão das análises laboratoriais, em conjunto com a análise de dados informáticos, a Polícia Civil finalizará a investigação, possivelmente dentro do prazo de prorrogação da prisão temporária.

Leia também:

>> Eleições 2022: mudança coloca André Espezim como candidato a deputado Federal

>> Entidades empresariais do Vale encaminham nota de repúdio ao DNIT

>> Lei que reduz ICMS do leite e de alimentos em Santa Catarina já está em vigor