WHATSAPP DA CLUBEClique e entre no grupo de notícias da Rádio Clube

Greve em Blumenau: Mais de 30 unidades de educação estarão fechadas na segunda; veja lista

A prefeitura de Blumenau divulgou nesta sexta-feira, 4, uma lista das unidades de educação e saúde que podem ter o atendimento afetado em função da greve dos servidores públicos de Blumenau, marcada para ter início na próxima segunda-feira, dia 7.

Embora o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) tenha se reunido nesta sexta com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos de Blumenau (Sintraseb) para formalizar a abertura da mesa de negociação, a categoria fará uma Assembleia Geral na manhã da próxima segunda, para deliberar se cruza, ou não, os braços.

Foto: Divulgação/Sintraseb

A expectativa da Secretaria Municipal de Educação é de que cerca de 35 unidades de educação estejam fechadas no primeiro dia do ano letivo. (veja abaixo) Algumas unidades, no entanto, terão o funcionamento normal ou parcial. O contato com as famílias é realizado pelo diretor de cada unidade, que deve ser procurado em caso de dúvida.

Já a Secretaria de Saúde estima que servidores de mais de 40 unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF), participem da Assembleia Geral. Com isso, o atendimento nesses locais pode ser afetado, durante o encontro.

Confira a lista de locais que podem ser afetados:

Fonte: Prefeitura de Blumenau
Fonte: Prefeitura de Blumenau
Fonte: Prefeitura de Blumenau

Greve

Na última terça-feira, 1⁰, os servidores de Blumenau decidiram entrar em greve a partir da próxima segunda-feira, 7. A decisão foi aprovada durante Assembleia Geral. Segundo o sindicato, cerca de 1,6 mil servidores participaram da votação.

A categoria pede a reposição salarial de 18,65%, melhoria das condições de trabalho na atenção básica de saúde e é contra a reforma da previdência dos servidores.

Leia também

>> Blumenau registra um óbito e mais de mil novos casos de Covid-19 nesta sexta

>> Casa é destruída por incêndio em Blumenau; veja fotos

>> Greve em Blumenau: Prefeitura e sindicato se reúnem pra dar início a negociação