WHATSAPP DA CLUBEClique e entre no grupo de notícias da Rádio Clube

Ex-funcionário de hospital no Vale do Itajaí é preso suspeito de desvio de recursos

A Polícia Civil de Rio do Campo, cumpriu um mandado de prisão preventiva nesta quinta-feira, 24, contra um ex-funcionário do Hospital e Maternidade São José, em Rio do Campo. O homem é investigado suspeito de desviar recursos públicos da unidade durante o período que trabalhava no local, entre dezembro de 2020 e junho de 2021.

>> Receba informações de Blumenau e região no seu WhatsApp

Foto: Divulgação/Redes Sociais

De acordo com o delegado Diones de Freitas, as investigações tiveram início em agosto do ano passado e ainda não foram finalizadas. A prisão preventiva só foi decretada porque, segundo a Polícia Civil, o investigado passou a atrapalhar o andamento dos trabalhos. Ele teria coagido uma testemunha e falsificado um documento.

A Polícia Militar informou ainda que o investigado foi preso em frente a própria residência. Ele foi levado para o presídio de Rio do Sul, onde deve ficar preso até o fim da investigação.

Caso seja considerado culpado, ele poderá ser condenado até 12 anos de prisão pelo crime de peculato, além de ter que reparar os prejuízos causados ao hospital.

Leia também:

>> Homem morre após cair de casa em construção em Blumenau

>> Homem em situação de rua é suspeito de atear fogo em borracharia de Blumenau

>> Meses após filiação, delegado Egídio Ferrari deixa o Podemos