Estelionatários aplicam golpe do Pix utilizando o nome do Tribunal de Justiça de Santa Catarina

O Tribunal de Justiça emitiu uma nota informando sobre um golpe utilizando o nome do órgão no Oeste do Estado.

O ato criminoso é voltado para empresas de serviços de transporte e de motorista. Ocorrências já foram registradas em Seara, Xanxerê e Chapecó.

Os golpistas entram em contato via Whatsapp, ou por meio de ligação telefônica com a intenção de contratar um motorista. Na ligação o estelionatário argumenta que o profissional do fórum está afastado com Covid-19 e por isso é necessário o serviço.

Ele informa que foi feito um deposito antecipado para a empresa, mas que o valor enviado é superior ao combinado e por isso precisam do estorno via Pix. Em alguns contatos os golpistas usaram o nome de ‘Luiz Antonio’.

Por ser um órgão público, o Poder Judiciário de Santa Catarina realiza compras e contratos sempre por meio de licitação.​ Por isso reforçam que não fazem contato telefônico ou via aplicativo de conversas para contratação de qualquer serviço.  

Caso alguém receba esse tipo de solicitação de serviço, o Tribunal de Justiça orienta para registrar boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima.

Foto: Internet

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *