A aprovação da PEC dos pedágios urbanos na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) levantou dúvidas quanto à interferência que a mudança na Constituição Estadual poderia ter sobre