Rádio Clube De Blumenau IMA Registra novos casos de vandalismo às placas de balneabilidade ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quarta-feira, 20 de janeiro de 2021 -

IMA Registra novos casos de vandalismo às placas de balneabilidade

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) volta a alertar a população catarinense e turistas sobre o vandalismo nas placas de balneabilidade instaladas no litoral catarinense. Nesta semana, o IMA registrou novas ocorrências como a retirada ou adulteração da sinalização que indica se o ponto está próprio ou impróprio para banho.

O IMA solicita atenção redobrada nos seguintes locais onde os atos são mais frequentes:

  • Ponto 02, em Barra Velha (em frente à Rua Humberto Pimentel) – placa colocada em 27 de janeiro e no dia seguinte não se encontrava mais no local.
  • Ponto 04, em Bombinhas (Rua Tiriba) – placa instalada no final de dezembro de 2019, mas foi retirada do local.
  • Ponto 70, na Praia de Ponta das Canas, em Florianópolis (em frente à rua Alcina Jannis) – adulteram ou retiram o selo de IMPRÓPRIO.
  • Ponto 83, na Praia de Ponta das Canas, em Florianópolis (em frente à rua Alcina Jannis no Canal) – a placa foi retirada do local.
  • Ponto 57, na Praia dos Ingleses, em Florianópolis (em frente à rua do Siri) – adulteram ou retiram o selo de IMPRÓPRIO.
  • Ponto 56, na Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis (em frente ao trevo dos Ingleses) – alteram o selo cortando a parte do “IM”.
  • Ponto 80, na Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis (em Frente à Rua Dep. Otacilio Costa) – alteram o selo cortando a parte do “IM”.

O IMA chama a atenção dos usuários para as cores, pois a impropriedade é sinalizada não apenas pela palavra, mas também pela cor vermelha. Por isso, mesmo que alterada, a cor permanece indicando que o local não está adequado para mergulho. Assim que toma conhecimento do vandalismo, o IMA imediatamente vai ao ponto consertar a indicação. As placas que foram retiradas serão reinstaladas.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?