Rádio Clube De Blumenau Dezembro vermelho alerta para a prevenção ao vírus HIV ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Terça-feira, 14 de agosto de 2018 -

Dezembro vermelho alerta para a prevenção ao vírus HIV

 

Nos últimos anos, órgãos públicos e entidades da sociedade civil vêm conferindo cores aos meses do ano, como forma de promover campanhas e trazer à tona causas e lutas de interesse social, muitas delas voltadas à saúde. Com a adoção da tonalidade vermelha, por meio da Lei Municipal Nº. 7.961, sancionada pelo prefeito Napoleão Bernardes em abril de 2014, o mês de dezembro tem como mote a conscientização da população sobre a prevenção ao vírus HIV.

 Durante o mês, a Secretaria Municipal de Promoção da Saúde (Semus), por meio do Centro Especializado em Diagnóstico, Assistência e Prevenção (Cedap), realizará ações para prevenção, com orientações sobre os sintomas, transmissão e tratamento do HIV e distribuição de material impresso e preservativos. Também serão oferecidos testes rápidos para o HIV, Sífilis e Hepatites B e C.

 Nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro, ocasião em que é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, a equipe do Cedap estará na Praça Dr. Blumenau, no Centro, para realizar atendimento à comunidade, das 9h às 17h. Na oportunidade, haverá a divulgação de informações sobre o HIV e os serviços prestados na rede municipal de saúde. Além disso, os profissionais da unidade promoverão testes rápidos gratuitos para HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Os resultados serão conhecidos rapidamente, num período de 20 a 30 minutos.

 Ao longo de dezembro, o Cedap também fará palestras para funcionários de órgãos públicos e empresas privadas. “O Cedap é a nossa unidade de referência para o tratamento de doenças como HIV, Sífilis, Hepatites B e C, Tuberculose e Hanseníase. Infelizmente, temos percebido que a população, sobretudo o público mais jovem, voltou a se descuidar em relação ao vírus HIV. Temos cerca de 40 mil novos casos por ano no Brasil. Por isso, essa mobilização para conscientização sobre a doença é muito importante. Queremos, por meio do dezembro vermelho, alertar a população e reforçar a prevenção”, afirma a secretária de Promoção da Saúde, Maria Regina Soar.

 Números em Blumenau

Atualmente, o Cedap realiza atendimentos para cerca de 2,5 mil pessoas com HIV. Em média, de 30 a 34 novos casos de pessoas com o vírus são diagnosticados mensalmente pela unidade. Em 2017, já foram realizados 41,4 mil testes rápidos para detecção de HIV, Sífilis e Hepatites B e C, o que representa 200 testes rápidos por dia.

 Descentralização dos testes rápidos

A Secretaria de Promoção da Saúde está descentralizando a realização dos testes rápidos para HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Antes efetivados apenas no Cedap, os exames serão oferecidos também nos Ambulatórios Gerais e nas ESFs de Blumenau. Para tanto, os profissionais que atuam nas unidades passaram por capacitação.

 “Essa medida tem como objetivo facilitar e aproximar o acesso da população aos testes rápidos. O diagnóstico precoce dessas doenças é muito importante para aumentarmos a efetividade do tratamento realizado pelo Cedap. O teste é gratuito e está disponível para toda a comunidade”, explica Maria Regina.

 Iluminação alusiva ao dezembro vermelho

A partir desta sexta-feira, dia 1º de dezembro, o prédio da Prefeitura Municipal, a Ponte Aldo Pereira de Andrade (Ponte de Ferro) e a Ponte Adolfo Konder irão receber iluminação na cor vermelha, em alusão à campanha.

 Sobre o Cedap
Localizada na Rua Paraíba, 380, no bairro Victor Konder, a unidade abriga o Serviço de Controle e Tratamento das Hepatites Virais, Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e o Programa de Controle da Tuberculose e Hanseníase.

 O Cedap funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, sem pausa para o almoço. A unidade atende pelos telefones 3381-7800 e 3381-6166.

 Confira esta notícia no site da Prefeitura.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?