Domingo, 24 de setembro de 2017 -

Falhas no DNA, e não fatores como alimentação e cigarro, causam 2/3 dos casos de câncer, dizem pesquisadores

Compartilhe

De cada três casos de câncer, dois são causados por erros aleatórios no DNA, no momento da divisão das células humanas. Quer dizer que, ao contrário do que muita gente pensa, na maior parte dos casos, a doença não tem ligação com o histórico familiar, com o cigarro ou com uma alimentação ruim, por exemplo.

O estudo foi feito por pesquisadores dos Estados Unidos e publicado na renomada revista científica Science.

Eles explicaram que quando a célula se multiplica, o que é algo normal no organismo, o DNA de uma também passa para a outra. E que falhas registradas nesse processo, que a princípio não têm como ser controladas, contribuem, no futuro, para o surgimento de tumores.

O estudo mostrou que a tese pode ser válida para pelo menos 32 tipos de câncer.

No caso da próstata e do cérebro, por exemplo, os pesquisadores acreditam que 95 por cento dos tumores são causados por esse tipo de falha.

Por fim, eles destacaram que a população deve se preocupar, sim, em manter o peso e fugir, por exemplo, da poluição e do cigarro.

Mas deixaram claro que mesmo aqueles que se cuidam não estão livres do risco de câncer.

Compartilhe
COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *