Rádio Clube De Blumenau Mortes por gripe A H1N1Blumenau preocupa Vigilância ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quinta-feira, 19 de abril de 2018 -

Mortes por gripe A H1N1Blumenau preocupa Vigilância

Compartilhe

A Vigilância Epidemiológica de Blumenau confirmou neste domingo (27) duas mortes por gripe A H1N1 provocada pelo vírus Influenza. Segundo o órgão, estes são os dois primeiros casos de óbito em decorrência da doença em Santa Catarina nesse ano de 2016.

Conforme informações da Vigilância Epidemiológica de Blumenau, uma mulher de 48 anos morreu na noite de sexta-feira (25), e um homem de 43 faleceu no sábado (26), véspera de Páscoa. As vítimas eram moradoras dos bairros Velha, e Progresso respectivamente.

Os dois casos foram confirmados pelo Lacen [Laboratório Central de Saúde Pública] como pacientes com H1N1 e a morte foi em decorrência da doença ainda nesse domingo. Com as duas mortes, agora Blumenau conta com 6 pessoas infectadas pelo vírus, outras pessoas aguardam confirmação de exames.

SAIBA MAIS

A gripe H1N1, ou influenza A, é provocada pelo vírus H1N1 da influenza do tipo A. Ele é resultado da combinação de segmentos genéticos do vírus humano da gripe, do vírus da gripe aviária e do vírus da gripe suína, que infectaram porcos simultaneamente.

O período de incubação varia de 3 a 5 dias. A transmissão pode ocorrer antes de aparecerem os sintomas. Ela se dá pelo contato direto com os animais ou com objetos contaminados e de pessoa para pessoa, por via aérea ou por meio de partículas de saliva e de secreções das vias respiratórias.

Recomendações

Para proteger-se contra a infecção ou evitar a transmissão do vírus, o Center Deseases Control (CDC) recomenda:

* Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool;

* Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;

* Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;

* Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;

* Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;

* Suspender, na medida do possível, as viagens para os lugares onde haja casos da doença;

* Procurar assistência médica se surgirem sintomas que possam ser confundidos com os da infecção pelo vírus da influenza tipo A.

influenza

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *