Rádio Clube De Blumenau Procon orienta consumidores sobre cancelamento de vôos pela Avianca ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quinta-feira, 19 de setembro de 2019 -

Procon orienta consumidores sobre cancelamento de vôos pela Avianca

Em virtude do cancelamento recente de vôos pela Avianca Brasil, o Procon de Blumenau orienta a população para ficar atenta ao comprar passagens com a empresa. De acordo com o responsável pelo órgão de defesa, André Moura Cunha, os consumidores que compraram passagens e tiveram as viagens canceladas devem procurar o local onde foram adquiridas para solicitar o reembolso ou mudança de operadora aérea, já que ficaram responsáveis pela venda.

Os consumidores que compraram diretamente com a Avianca Brasil devem contatar a empresa para não ficar no prejuízo. “A própria Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) estipula que a empresa deve propor ao consumidor alternativas, como o reembolso, além de outras formas de fazer a viagem ou a realocação em outra companhia aérea ou ainda na própria empresa”, explica André. “A Avianca Brasil está em recuperação judicial desde dezembro de 2018 por motivos financeiros. Desta forma, não há garantia de que os créditos serão devolvidos caso a compra tenha sido na própria empresa”, avisa.

O coordenador do Procon orienta ainda aos consumidores que se sentiram lesados para fazer uma reclamação pela internet no endereço www.consumidor.gov.br. Caso não consigam atendimento, podem recorrer diretamente ao Procon de Blumenau. Segundo dados levantados, a Avianca Brasil anunciou 1.045 vôos cancelados para o período de 23 a 28 de abril, sendo que somente na segunda-feira, dia 23, foram 96.

André também reforça sobre os acordos feitos pela Avianca Brasil com outras companhias aéreas para resolver este tipo de impasse. “A Gol, Latam e Azul têm feito acordos com a empresa, possibilitando o realocação dos passageiros de acordo com assentos disponíveis. Porém, vale ressaltar que isso é apenas um acordo entre elas, devendo o passageiro contatar diretamente a Avianca Brasil para uma possível realocação”, explica.

Foto: Fábio Guimarães / Fabio Guimarães/13-04-2019

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?