Rádio Clube De Blumenau Ministro das Cidades apresenta programa de mobilidade e saneamento aos municípios do Vale ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018 -

Ministro das Cidades apresenta programa de mobilidade e saneamento aos municípios do Vale

 

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou nesta quinta-feira (22), durante reunião na Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), o Programa Avançar Cidades, que vai emprestar recursos federais aos municípios para investimento em obras de mobilidade e saneamento básico. O encontro reuniu prefeitos do Vale do Itajaí e do Vale do Itapocu.

Conforme Araújo, o programa vai disponibilizar cerca de R$ 6 bilhões às prefeituras para o financiamento de ações como pavimentação e calçamento de vias, abastecimento de água e construção de ciclovias. O ministro disse ainda que os créditos serão disponibilizados a juros de 6% ao ano, tendo quatro anos de carência e, a partir desse prazo, 20 anos de financiamento.

Os recursos são do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e não há critérios específicos para a candidatura das cidades, que poderão ser de menor porte até as metrópoles. Segundo o ministro, a cada faixa de população será destinada uma cota de financiamento. Além disso, serão disponibilizadas duas linhas de crédito: 2,2 bilhões para obras de saneamento, e R$ 3,7 bilhões para a área de mobilidade urbana.

O ministro explicou que uma das novidades é que o programa Avançar destina parte do valor liberado para desapropriações, pois geralmente as linhas de crédito não contemplam recursos para esta área. Ele garantiu ainda que o ministério enviará técnicos para compartilhar informações e orientar os municípios no acesso aos recursos.

“É uma oportunidade de os municípios buscarem recursos a juros mais acessíveis para implantar obras de infraestrutura urbana, contribuindo para a mobilidade urbana e a qualidade de vida da população”, disse o presidente da Ammvi e prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?