Segunda-feira, 20 de novembro de 2017 -

Audiência vai debater fim de horário de verão

Compartilhe

A Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) debaterá, na próxima quinta-feira (24), os efeitos da adoção do horário de verão. O evento acontecerá no plenário 8, a partir das 9h30.

A audiência é motivada pelo projeto de lei (PL) 397/2007, de autoria do deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC), que pretende acabar com o horário de verão. Para debater o assunto, estará presente na audiência o cardiologista Dr. Guilherme Honório Moreira e o mestre em Energia Solar Alexandre Heringer Lisboa.

O cardiologista Dr. Guilherme Honório Moreira apresentará estudo que constatou que uma hora a menos no nosso sono pode causar aumento do número de mortes nas estradas, piorar o controle do diabetes mellitus, diminuir o rendimento escolar, aumentar o erro profissional, além de tentar uma adaptação que nunca ocorre.

Para o deputado Colatto, o argumento usado pelo Ministério de Minas e Energia para manter o horário de verão não condiz com a realidade. O Ministério justifica que o horário serve de “instrumento de eficiência energética” com melhor aproveitamento da luz natural. “Não há economia, mas sim prejuízos para a saúde das pessoas. O organismo fica completamente desequilibrado. Estudos apontam sintomas indesejados como dores de cabeça, aumento da fadiga, taquicardia, diminuição de rendimento nos estudos e no trabalho, principalmente em pessoas com mais idade”, destaca Colatto.

horario-de-verao

Compartilhe
COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *