Rádio Clube De Blumenau Conselho Federal de Medicina veta cesáreas eletivas antes da 39ª semana de gravidez ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Domingo, 16 de dezembro de 2018 -

Conselho Federal de Medicina veta cesáreas eletivas antes da 39ª semana de gravidez

 

Norma define como “ética” a realização de cesariana, mas torna obrigatório termo de consentimento entre médico e paciente para a cirurgia

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou nesta segunda-feira uma norma em que define critérios para realização de cesáreas. Conforme a resolução, é ético o médico realizar a cirurgia atendendo a solicitação da gestante, mas o parto só pode ser feito — com consentimento assinado pela paciente — a partir de 39 semanas de gestação. A norma entra em vigor na data de sua publicação, esperada para esta semana no Diário Oficial da União.

17911618

Atualmente, a paciente que preferir a cesariana em vez do parto normal pode optar pelo procedimento desde a 37ª semana, período em que o feto era considerado maduro. O entendimento mudou em 2013, a partir de um estudo do Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas (ACOG) — agora adotado pelo conselho brasileiro. O parto antecipado, antes da 39ª semana, deve ser feito apenas quando houver indicação médica.

 

NOVOS CRITÉRIOS PARA REALIZAÇÃO DE CESARIANAS:

► COMO ERA

O Conselho Federal de Medicina (CFM) entende que é ético o médico atender à vontade da gestante de realizar parto cesariano, desde que haja consentimento entre as partes

• Desenvolvimento: bebês que nascem entre a 37ª e a 42ª semana eram considerados maduros

• Escolha da paciente: gestantes que preferissem a cesariana em vez do parto normal poderiam fazer essa escolha a partir da 37ª semana de gravidez

• Determinação médica: o profissional pode recomendar o parto antes da 37ª semana, se houver condição médica que justifique a determinação

► O QUE MUDA

Norma do CFM que deve entrar em vigor em junho de 2016 traz novas considerações pensando na integridade e segurança do bebê

• Desenvolvimento: a cesariana a pedido da paciente no Brasil somente poderá ser realizada a partir da 39ª semana de gestação. Isso porque, entre 37 e 39 semanas, o bebê atravessa uma fase crítica de desenvolvimento do cérebro, dos pulmões e do fígado

• Escolha da paciente: é direito da gestante, nas situações eletivas, optar pela realização de cesariana, mas somente a partir da 39ª semana de gestação

• Determinação médica: se houver indicação médica, o parto também pode ser antecipado para antes de 39 semanas de gestação

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?