Rádio Clube De Blumenau PM abre concurso para preencher vagas em Santa Catarina ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Domingo, 22 de setembro de 2019 -

PM abre concurso para preencher vagas em Santa Catarina

São 96 vagas com acesso imediato, além da formação de Cadastro de Reserva (outras 67 vagas) para o preenchimento de futuras vagas durante a vigência do edital, conforme necessidade da Polícia Militar. As vagas são divididas entre 47 cidades em todas as regiões do Estado.

Dentre as condições necessárias para ser admitido no serviço auxiliar temporário, o candidato precisa comprovar que está desempregado no ato da assinatura do contrato, ter no mínimo 18 e no máximo 23 anos incompletos até o último dia de inscrição, ter boa saúde (a ser avaliada em exame específico) e ter concluído o Ensino Médio, além de ser aprovado no processo seletivo, e atender a outras prescrições contidas no edital. O contrato de trabalho tem duração de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Os agentes temporários trabalharão nas Centrais Regionais de Emergências e nas Centrais de Videomonitoramento, podendo desempenhar algumas funções administrativas da PM, e terão salário no valor bruto de R$ 1.017,00.

Caso haja renovação de contrato por ambas as partes, o valor bruto no segundo ano será de R$ 1.356,00. A taxa de inscrição no valor de R$ 50,00 e a prova escrita será no dia 27 de novembro.

Vaga para professor na PM

A Polícia Militar do Estado também abriu dois processos seletivos para atender as necessidades do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires em Lages e Florianópolis.

Serão preenchidas 45 vagas nas funções de Professores, Pedagogo (1), Psicopedagogo (2), Psicólogo (2), Orientador Educacional (2), Supervisor Escolar (2), Assistente Técnico Pedagógico (2) e Bibliotecário (1).

Para se inscrever é necessário preencher a ficha no site da PM (www.pm.sc.gov.br), entre os dias 21 a 25 de novembro de 2016. A taxa de inscrição custa R$ 100,00.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?