Rádio Clube De Blumenau Combate ao aedes ganha nova ferramenta com agentes mirins nas escolas ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Domingo, 22 de abril de 2018 -

Combate ao aedes ganha nova ferramenta com agentes mirins nas escolas

Compartilhe

Na manhã desta terça-feira, dia 16, as crianças da Escola Básica Municipal Machado de Assis tiveram uma aula de informática diferente. A turma do 2º ano foi a primeira a jogar o Agente Mirim no Combate ao Aedes, jogo de computador adquirido pela Secretaria de Saúde e disponibilizado às unidades da Secretaria da Educação, para que as crianças possam, de forma lúdica e tecnológica, aprender as formas de combater o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Durante o evento, a secretária de Educação, Patrícia Lueders, agradeceu a parceria entre as secretarias e citou que no mundo de hoje é importante que as crianças tenham esse acesso digital, pois é uma maneira de fazer com que o caminho até o aprendizado dê certo. Até o final do mês, estudantes das outras 49 escolas do município também terão acesso ao jogo, que será disponibilizado online gratuitamente para as demais escolas e população em geral.

Na presença dos alunos, servidores da saúde e da educação, e de personagens do mosquito aedes aegypti, a secretária de Saúde, Maria Regina de Souza Soar, pediu aos futuros agentes mirins que ajudem em casa e na vizinhança a acabar com possíveis focos do inseto. “Esta é uma ferramenta importante e interativa para a saúde do município e que, além de atrair a atenção das crianças, também torna elas importantes divulgadoras de informação”, avaliou.

No combate aos criadouros, as medidas de prevenção envolvem procurar e eliminar possíveis focos de mosquito, que podem estar em caixas d’água, galões e tonéis descobertos; ou ainda em vasos de plantas, calhas, garrafas, lixo e bandejas de ar-condicionado com água acumulada. Todas essas situações estão ilustradas no jogo lançado hoje.

O mosquito na cidade

Em Blumenau a equipe de agentes do Programa de Combate a Dengue vistoria mensalmente as mais de 1.300 armadilhas espalhadas pela cidade, além dos atuais 45 focos do inseto, todos monitorados e controlados. Também foram atendidas pela equipe da Vigilância, em 2016, mais de 800 denúncias de focos do mosquito, recebidas via ouvidoria, que é o canal para que a população faça a denúncia de possíveis focos. Em 2014 Blumenau registrou 21 focos do inseto, e em 2015 foram 57.

Atualmente o registro das doenças transmitidas pelo mosquito é de 29 casos positivos, sendo 19 de dengue, sete de chikungunya e três de zika. Ao todo, em 2016, foram 241 notificações das doenças, todas adquiridas fora do município, já que os infectados viajaram para cidades onde a proliferação é maior.

 

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *