Rádio Clube De Blumenau Inquérito envolvendo Napoleão Bernardes e Dalirio Beber do PSDB é arquivado por ministra do STF ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Domingo, 16 de junho de 2019 -

Inquérito envolvendo Napoleão Bernardes e Dalirio Beber do PSDB é arquivado por ministra do STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou o inquérito que investigava o suposto repasse de R$ 500 mil da Odebrecht para a campanha de Napoleão Bernardes (PSDB) a prefeito de Blumenau em 2012, que teriam sido intermediados pelo senador Dalírio Beber (PSDB). A ministra Rosa Weber, relatora do caso no STF, determinou o arquivamento nesta semana.

A investigação havia iniciado em março de 2017, quando os nomes dos tucanos foram incluídos na chamada lista de Rodrigo Janot, então procurador-geral que determinava a investigação das relações da empreiteira e políticos com abertura de 83 inquéritos.

Em março deste ano, a relatora do caso no STF, a ministra Rosa Weber, havia determinado que o caso fosse analisado pela Justiça na Comarca de Blumenau, por entender que não cabia aplicação de foro privilegiado a qual Dalírio Beber tem direito porque o caso investigado era anterior ao mandato do tucano como senador. A questão voltou para a Procuradoria-Geral da República porque Beber pediu reconsideração da decisão de Rosa Weber e pleiteou o arquivamento.

Além dos tucanos, os deputados Décio Lima (PT) e Ana Paula Lima (PT) são investigados em inquérito similar, que tem como relatora a ministra Carmen Lúcia. A última movimentação registrada no sistema do STF foi em outubro. Outro candidato a prefeito de Blumenau à época, o deputado estadual Jean Kuhlmann (PSD), também é investigado pela Justiça e teve o inquérito remetido ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em Porto Alegre.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?