Quarta-feira, 16 de agosto de 2017 -

Ministro do STJ nega dois de três recursos da defesa de Lula

Compartilhe

O ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou nesta manhã dois de três recursos da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um dos processos dele na Lava Jato. Os recursos foram apresentados ao STJ nesta terça-feira, dia 9.

No processo, o Ministério Público Federal (MPF) afirma que Lula receberia um triplex em Guarujá (SP) como vantagem indevida da empreiteira OAS. Lula terá que depor ao juiz Sérgio Moro às 14h, nesta quarta-feira em Curitiba no Paraná.

Um dos recursos negados pelo ministro pedia para suspender por 90 dias o processo para que a defesa tivesse tempo de analisar diversos documentos da Petrobras incluídos no caso. Esse recurso, se fosse aceito, poderia adiar o depoimento de Lula a Moro.

Também foi negada a gravação da audiência desta quarta em imagem e áudio por uma equipe autônoma.

O outro recurso que poderia levar ao adiamento do depoimento de Lula ainda não foi julgado pelo ministro, que é sobre a suspensão do processo  até uma análise definitiva sobre Moro ser ou não suspeito para julgar o caso do ex-presidente. Se o ministro não se manifestar sobre o último recurso, o depoimento fica mantido.

Compartilhe
COMENTAR COM O FACEBOOK:

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *