Rádio Clube De Blumenau Projetos para os novos terminais urbanos estão concluídos ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021 -

Projetos para os novos terminais urbanos estão concluídos

Os projetos dos novos terminais urbanos Norte e Oeste, previstos respectivamente nos bairros Itoupava Central e Água Verde, estão concluídos. A licitação das obras pelo município está programada para ocorrer já neste primeiro semestre de 2017.

Projetados buscando benefícios ao trânsito e melhorias na mobilidade urbana, os novos terminais fazem parte do pacote de ações do Programa de Mobilidade Sustentável de Blumenau. Os projetos foram financiados pela Prefeitura junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com custo de R$ 1,1 milhão.

Conforme apresentado em reuniões com a comunidade, os locais trabalharão o diferencial de integração entre os vários meios de transporte utilizados pela população.  Conforme o projeto, ônibus, bicicletas, motocicletas e automóveis poderão acessar os terminais, partilhando áreas distintas de circulação e estacionamento.

Apesar de agregarem este novo conceito, as estruturas manterão um padrão arquitetônico similar aos demais terminais do município, contendo sala de bilheteria, lanchonetes, banheiros públicos e espaços de convivência. Diariamente, estima-se que cada ambiente deverá receber, em média, 20 mil pessoas.

Implantação dos terminais

O Terminal Norte será construído na esquina da Rua Gustavo Zimmermann com a Rua Mário Giese, no bairro Itoupava Central. Já o Terminal Oeste será implantado no entroncamento popularmente conhecido como “Leite Trevo”, situado entre as ruas General Osório e Guilherme Poerner.

Para cada obra, o investimento é estimado em R$ 12 milhões, com prazo de construção de 12 meses. No conjunto das execuções, são previstas melhorias ao sistema viário das regiões atendidas. O entorno dos terminais será remodelado para facilitar o acesso de motoristas, ciclistas e pedestres.

A construção dos novos terminais também é assegurada por meio de financiamento com o BID. Atualmente, seguem em andamento os processos de desapropriação dos imóveis necessários à viabilização dos espaços.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?