Rádio Clube De Blumenau MEC divulga as melhores instituições para estudar no Brasil ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Domingo, 28 de fevereiro de 2021 -

MEC divulga as melhores instituições para estudar no Brasil

 

O Ministério da Educação (MEC) acaba de divulgar, no Diário Oficial da União, a mais importante avaliação do ano: o Índice Geral de Cursos (IGC). O índice avalia as instituições de ensino em todo o País, com base na média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição. “É uma ferramenta poderosa que o aluno tem a seu dispor para avaliar em qual universidade irá fazer o curso escolhido”, diz o diretor dos polos de Blumenau e Jaraguá do Sul da Unicesumar, Adriano Albano.

O IGC é divulgado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), do MEC, sintetizando em um único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação (presenciais e a distância), mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino. Mas em dezembro de 2016, a Portaria nº 23, publicada no dia 20, no Diário Oficial da União (DOU), estabeleceu novos critérios para os indicadores calculados pelo INEP. O Conceito Enade passa a ser calculado a partir dos resultados dos estudantes concluintes no Exame Nacional do Desempenho do Estudante com referência à sua respectiva área de avaliação no exame. O Conceito Preliminar de Curso (CPC), indicador dos cursos superiores, passa a ser calculado a partir de informações sobre o desempenho dos estudantes concluintes e as condições de oferta do processo formativo. Ambos serão calculados pelo código de curso no Sistema e-MEC. Já o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) será calculado anualmente, independentemente da quantidade de cursos avaliados. A nota do IGC varia de 1 a 5.

Em Blumenau, a Unicesumar ganhou destaque, com nota 4, em primeiro lugar, com o maior conceito do Ministério da Educação entre todas as instituições particulares de ensino presencial e a distância. Em Jaraguá do Sul, divide esta liderança com a FATEJA, onde somente as duas instituições conseguiram o conceito 4, considerado de excelência. “O MEC exige que 30% do corpo docente seja formado por mestres e doutores, os 70% restantes podem ser de especialistas (pós-graduados). A Unicesumar, que oferece EAD na região e que obteve destaque nos indicadores, comparados aos melhores presenciais do Brasil, tem 80% de mestres e doutores. Poucas instituições no Brasil conseguem manter o mesmo nível de qualidade do ensino presencial na educação a distância”, diz Albano.

No Guia do Estudante 2017, da Editora Abril, concedeu a Unicesumar 62 estrelas por  ter 19 cursos entre os melhores do País, a FURB com 16, a Católica de Santa Catarina teve 6 cursos destacados, o IBES SOCIESC  e a Uniasselvi 1 cada um.   “Podemos observar que instituições que têm educação a distância e presencial conseguem ter notas melhores que instituições somente presenciais. Isso mais uma vez confirma que, em instituições sérias, a qualidade do ensino a distância é a mesma do ensino presencial. Não há mais diferenças”, comenta Albano.

Com 26 anos de atuação, a Unicesumar está presente em 22 estados brasileiros e possui 50 cursos de graduação no presencial e 37 no EAD. Em Santa Catarina, atua em Blumenau, Jaraguá do Sul, Florianópolis, São José, Imbituba, Criciúma, Brusque, Balneário Camboriú, São Bento do Sul, Lages, Chapecó, Xanxerê, Joinville, Itajaí e Ituporanga. Está entre os 10 maiores grupos educacionais do País e conta com mais de 90 mil alunos matriculados.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?