Rádio Clube De Blumenau Empresa é selecionada para fabricar radar meteorológico do Oeste de SC ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quinta-feira, 20 de setembro de 2018 -

Empresa é selecionada para fabricar radar meteorológico do Oeste de SC

 

Vencedora é alemã e deve construir antena por R$ 10 milhões. Estado ainda não definiu empresa que construirá a torre em Chapecó.

Juntos, radares de Lontras e Oeste vão cobrir maior parte de Santa Catarina (Foto: Defesa Civil)
Juntos, radares de Lontras e Oeste vão cobrir maior parte de Santa Catarina (Foto: Defesa Civil)

A Defesa Civil de Santa Catarina anunciou nesta quarta (4) que uma empresa alemã ganhou o processo licitatório para construir o radar meteorológico de Chapecó, no Oeste catarinense. O valor da proposta é de R$ 10.457.240 e, conforme a Defesa Civil, o instrumento deve entrar em funcionamento a partir de maio de 2017.

A proposta deste radar em Chapecó é conseguir prever fenômenos climáticos em 138 municípios do Oeste, incluindo Xanxerê, que foi atingida por um tornado em 2015.  Até então, Santa Catarina possuía apenas o radar Lontras, no Vale do Itajaí, que cobre 191 municípios, ou 77% do território do estado, mas não alcança a região Oeste.

Apesar da avaliação da empresa ter sido finalizada, a segunda colocada, que é a mesma fabricante do radar de Lontras, ainda pode recorrer da decisão até sexta-feira (6). Ela propôs fazer o radar por R$ 10.844.426. Com isso, o resultado definitivo da licitação deve ser publicado na próxima semana no Diário Oficial do Estado, segundo a Defesa Civil.

O radar deve ser construído na Alemanha e trazido em peças para o estado, para ser montado em Chapecó.

Torre ainda precisa ser licitada

A base de sustentação do radar, uma torre de cerca de 15 metros, será construída por um segundo fabricante. Conforme a Defesa Civil, empresas devem enviar propostas até esta sexta e a licitação poderá ser aberta na próxima semana.

O custo deve ser de R$ 5 milhões. A estrutura será composta por cinco pavimentos, contando com o térreo, segundo a Defesa Civil.

São 4.198 m² de área. O prédio será erguido no terreno doado pela Prefeitura de Chapecó à Secretaria de Estado da Defesa Civil. O prefeito, Luciano Buligon, sancionou a lei que transfere o terreno para o estado na segunda (14).

Terceiro radar

Juntos, os radares de Lontras e do Oeste vão cobrir a maior parte de Santa Catarina. Porém, a parte da região Sul ainda fica descoberta. O governo já anunciou que trabalha para a aquisição do terceiro radar, móvel e que vai dar cobertura ao Sul.

Esse terceiro equipamento deve custar em torno de R$ 500 mil, com o benefício de poder ser deslocado em situações graves. Este radar será responsável por 19,29% do território catarinense, o que corresponde a  58 municípios do Sul.

Todo sistema integrado tem previsão de ser inaugurado em maio de 2017, com a finalização do Centro Integrado de Gestão de Risco e Desastres de Santa Catarina – CIGERD/SC, conforme a secretaria de Defesa Civil.

G1sc

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?