Rádio Clube De Blumenau Empresa de aluno do Senac promete ser destaque nacional e internacional novamente ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Terça-feira, 19 de junho de 2018 -

Empresa de aluno do Senac promete ser destaque nacional e internacional novamente

 

Foto 02

Foi finalizada mais uma etapa do projeto de Mini Empresas para o programa Junior Achievement por alunos do Senac de Blumenau, que acabam de concluir a elaboração e confecção de um novo produto dentro do programa de Aprendizagem da entidade para 2016.

Este ano os alunos criaram dentro da mini empresa do Senac o Comulibrar, um jogo cuja proposta é ensinar libras. O produto fará parte será apresentado no Junior Achievement e com o now how do ano passado pretendem trazer para o Brasil mais um prêmio.

No ano passado entre os dias 3 e 6 de dezembro, alunos do Programa de Aprendizagem Profissional Comercial da Faculdade Senac em Blumenau, de Santa Catarina, estiveram na competição internacional JA Company of the Year – COY, que nesta edição, aconteceu na Jamaica.

O evento tinha como objetivo escolher a melhor miniempresa das Américas e faz parte de um ciclo de competições organizado pela Junior Achievement, associação educativa sem fins lucrativos e presente em 120 países. A Neurogames S.A/E, miniempresa criada pelos nossos estudantes, conquistou o 3º lugar como Melhor Miniempresa das Américas. Ela foi uma das duas únicas selecionadas para representar o Brasil na competição e concorreu com mais outras 19, da América Latina, Canadá e Caribe. Em setembro, a miniempresa já havia conquistado o prêmio Produto Oportunidade 2015, onde concorreu com outras 10 da cidade, na etapa local.

A proposta da Neurogames S.A/E foi desenvolver, produzir e comercializar jogos recreativos que estimulam as habilidades motoras e cognitivas de crianças e idosos. Com esse intuito, os 26 alunos participantes, todos entre 15 e 16 anos, criaram uma almofada, onde as faces oferecem atividades como trançar cadarços, afivelar um cinto e abrir e fechar um zíper. De abril a agosto, os jovens se reuniam uma vez por semana, no contraturno das aulas, para aprender e vivenciar o funcionamento de uma empresa.

Além da dedicação dos alunos, o projeto também contou com o trabalho voluntário dos professores da própria Faculdade Senac em Blumenau, que ficaram responsáveis por auxiliar e ensinar à turma conteúdos direcionados pela Junior.

Os estudantes aprenderam conceitos de livre iniciativa, mercado, comercialização, produção e vivenciaram de forma prática a rotina e os desafios na operação de uma empresa.

“Com o projeto pude ter uma noção de como é difícil liderar uma miniempresa. Porém, foi uma experiência muito boa e um aprendizado que levarei para a vida toda”, conta Arthur Cavalcante Gomes, presidente da Neurogames S.A/E. Para Júlia Oexler, diretora do financeiro da miniempresa e uma dos três alunos que embarcarão para a Jamaica para representar a turma, trabalhar no projeto foi também a oportunidade de se identificar com uma possível área de atuação no futuro.

“Aprendi tudo que envolve a parte financeira de uma empresa, assim como os cálculos para controlar entradas e saídas, balanços, previsões de gastos e resultados. Percebi que precisamos ficar atentos com previsões de lucro e gastos, além de colocar uma meta a qual temos certeza que podemos ultrapassar, fazendo a empresa subir cada vez mais”, diz a jovem.

A coordenadora do Programa de Aprendizagem da Faculdade Senac em Blumenau, Káthia Cilene Reichel Koffke, conta que a dedicação de todos os alunos foi inspiradora para a equipe envolvida. “Eles comprometeram-se verdadeiramente com o projeto e mostraram que, apesar de jovens, são capazes de realizar um trabalho sério e de muita qualidade”, ressalta. Os miniempresários produziram mais de 180 almofadas e conseguiram uma rentabilidade das ações de 75%. Os impostos foram doados para entidades carentes.

A parceria entre o Senac em Santa Catarina e a Junior Achievement propõe aos alunos do 2º ano do Ensino Médio, presentes nas turmas do Programa de Aprendizagem, a participação em um projeto de educação empreendedora regido por diretrizes da associação. Tudo isso com o intuito de despertar o espírito empreendedor.

Para o diretor regional do Senac em Santa Catarina, Rudney Raulino, o trabalho desenvolvido é primordial para incentivar que os jovens acreditem e invistam em suas ideias. “Esse é o caminho para garantir uma geração que se dedique a negócios inovadores e que desenvolva uma visão transformadora de mundo. Sem dúvida, isso faz parte do que o Senac defende e procura sempre aplicar todos os dias em sala de aula para que o aluno leve em sua vida”, completa.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?