Rádio Clube De Blumenau Acesso à Rua Mariana Bronnemann pela Humberto de Campos fica interditado ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quinta-feira, 26 de abril de 2018 -

Acesso à Rua Mariana Bronnemann pela Humberto de Campos fica interditado

Compartilhe

Desde quarta-feira, dia 28, o acesso à Rua Mariana Bronnemann pela Rua Humberto de Campos, no bairro Velha, está interditado. No local, as equipes trabalham nas obras de duplicação da Rua Humberto de Campos, que integra o pacote de investimento financiado pela Prefeitura de Blumenau junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O secretário de Infraestrura Urbana, Régis Evaloir da Silva, explica que, no trecho entre a rótula do Parque Vila Germânica e a Rua Mariana Bronnemann, serão instalados mais 18 anéis que compõem a nova galeria pluvial da Rua Humberto de Campos. “As equipes já instalaram 220 anéis da galeria e estamos satisfeitos com o andamento dos trabalhos”.

Os motoristas que precisarem acessar as residências e os comércios da Rua Mariana Bronnemann podem utilizar a Rua Antonio Bittelbrunn, localizada ao lado da Fundação Municipal de Desportos (FMD).

Estágio atual da obra da duplicação
A obra de duplicação da Rua Humberto de Campos encontra-se atualmente na etapa de implantação das galerias de concreto, que integram a nova rede de macrodrenagem. Ao todo, de acordo com o vice-prefeito e secretário executivo do Programa de Mobilidade e Projetos Especiais, Mário Hildebrandt, serão instalados 570 anéis de concreto no local.

“As execuções acontecem diariamente e, por conta do volume de trabalho, nós tivemos que alterar todo o trânsito na região. É um momento que exige paciência do blumenauense, mas sabemos que melhorará muito a qualidade de vida de todos após a conclusão da obra”, ressalta Hildebrandt.

O projeto contempla ainda o alargamento da Rua Humberto de Campos, a implantação de novos passeios com acessibilidade, ciclovias, travessias de pedestres e cruzamentos semaforizados. Iniciados em agosto de 2017, os serviços estão orçados em mais de R$ 18 milhões e têm prazo de conclusão previsto para dois anos.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *