Rádio Clube De Blumenau Prefeitura notifica proprietário de imóvel que cedeu no Salto do Norte ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quinta-feira, 18 de julho de 2019 -

Prefeitura notifica proprietário de imóvel que cedeu no Salto do Norte

A Prefeitura de Blumenau notificou nesta quinta-feira, dia 31, o proprietário da residência que cedeu após o início dos trabalhos de desassoreamento do ribeirão Salto do Norte. Em virtude da situação de risco e da necessidade de remoção, a parte comprometida do imóvel, que está situado dentro da Área de Preservação Permanente (APP) e margem de proteção de recurso hídrico, precisará ser imediatamente desabitada. O desmonte da estrutura já está autorizado e a previsão é que isso ocorra na manhã desta sexta-feira, dia 1° de fevereiro.

Em paralelo, a Fundação Municipal do Meio Ambiente está fazendo o levantamento técnico de toda a APP ao longo da bacia hidrográfica do ribeirão Salto do Norte. Enquanto isso a Defesa Civil realiza vistoria e notifica os moradores para que deixem suas casas, temporariamente, quando os trabalhos estiverem próximos, até que o desassoreamento esteja concluído.

Segundo a assessora de comunicação da Prefeitura, a família permanece na casa pois só uma parte dela, tipo um puxadinho é que foi interditado.

O desassoreamento
A empresa responsável pelos trabalhos de desassoreamento e limpeza do ribeirão conseguiu fazer a retirada da máquina que estava atolada. Com isso, a Secretaria de Conservação e Manutenção Urbana (Seurb) fará ao longo desta sexta-feira os estudos de solo em outros trechos do ribeirão para decidir em que local acontecerá a continuidade das execuções.

Pleiteado pela comunidade, o desassoreamento do ribeirão Salto do Norte tem como objetivo evitar a ocorrência de alagamentos em toda a sua extensão, inclusive no entorno das ruas Berta e Henrique Mette, mais atingidas pelas fortes chuvas que caíram neste mês em Blumenau.

(Foto: Terezinha Aparecida Gomes Arquivo Pessoal)

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?