Rádio Clube De Blumenau Brasil e Colômbia terão ações conjuntas de segurança na fronteira, diz ministro ⋆ Radio Clube de Blumenau Rádio Clube De Blumenau
AO VIVO
Quarta-feira, 03 de março de 2021 -

Brasil e Colômbia terão ações conjuntas de segurança na fronteira, diz ministro

O ministro da Defesa, Raul Jugmann, foi a Manaus, nesta terça-feira (31), para participar de uma reunião com o ministro da Defesa da Colômbia, Luiz Carlos Villegas, sobre segurança na fronteira. O encontro ocorreu no Comando Militar da Amazônia (CMA) e teve a participação de comandantes das Forças Armadas dos dois países. Os ministros anunciaram ações conjuntas de combate a crimes transfronteiriços, entre elas, a integração na área de inteligência e a cooperação no combate à mineração ilegal.

“Essa inteligência vai se dar desde os postos de fronteira de Brasil e Colômbia até o mais alto nível em Brasília, em termos ministeriais. Portanto, nós vamos ter uma tráfego fluido, contínuo, integrado, diário de informações, entre Brasil e Colômbia, no que diz respeito as nossas preocupações comuns. Em segundo lugar, nós buscamos uma cooperação no combate à mineração ilegal, que além de ser um problema em termos de meio ambiente, ela tem a faculdade de agrupar ao redor dela outros ilícitos”, disse Jungmann.

Também haverá ações relacionadas à imigração feita entre os dois países para coibir práticas ilegais. Outro compromisso assumido pelos ministros é o de preencher “vazios” de segurança nos cerca de 1.400 quilômetros de fronteira entre Brasil e Colômbia.

“Nós precisamos nos distribuir de certa forma cooperando para que os vazios que existem nessa fronteira sejam preenchidos, hora mais pelo Brasil, hora mais pela Colômbia. É uma forma de distribuir o esforço e colaborar, já que não há condições de bloqueio total, porque boa parte dessa fronteira se dá na fronteira molhada, em área de floreta e com pouca população. Essa distribuição, inclusive, é um exemplo que nós queremos aplicar em outros países”, disse.

COMENTAR COM O FACEBOOK:
Não temos controle sobre os comentários pelo Facebook

Comentar sem o Facebook

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

?